8 dicas de Marketing de serviços para se destacar no mercado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
marketing de serviços

A oferta de serviços é muito importante para a economia brasileira. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a representatividade do setor terciário passou de 65,8% em 2003 para 72,8% do valor total do Produto Interno Bruto em 2015. Por ser tão importante para a economia, é natural que vários empresários busquem na oferta de serviços a possibilidade de fazer o seu negócio crescer.

Afinal, o que é o marketing de serviços? É um conjunto de ações que tem como foco a investigação, a captação e a assistência com relação aos clientes. Resumidamente, é todo o trabalho envolvido nas vendas e no encantamento do consumidor, realizado de forma a diferenciar positivamente o empreendimento em relação aos concorrentes.

Engloba também a análise, o planejamento, a implementação e o controle das necessidades das pessoas, tendo em vista sempre a lucratividade e a qualidade na prestação dos serviços e dos produtos oferecidos.

Saber o máximo possível a respeito do comportamento do consumidor é fundamental para que as decisões a serem tomadas sejam as mais corretas, assim como para que as campanhas gerem o retorno esperado.

Um princípio fundamental no mercado empreendedor é conhecer bem o público a ser atendido, tal como as expectativas deles, pois é necessário supri-las, e, na maioria das vezes, estar acima do que é esperado. Dessa forma é possível se destacar diante de um mercado tão competitivo. Mas como se diferenciar dos concorrentes? Descubra a seguir!

1. Defina o preço com cuidado

Ele engloba a mensuração dos esforços da equipe, assim como o tempo necessário para a execução dos serviços, a complexidade de cada projeto e o perfil de cada cliente. Também é importante avaliar todas as despesas e os custos gerados na prestação do serviço.

O preço de um serviço é o valor que o seu cliente deve investir para receber o serviço que deseja contratar. Além de poder arcar com todos os custos para a execução do que foi contratado, o preço deve também ser usado como estratégia de atração de clientes — seja por meio de promoções ou de uma precificação de planos diferenciada.

2. Determine as características do produto

Aqui, nos referimos às características do produto oferecido para os clientes. O ideal é enfatizar todos os benefícios da contratação do serviço e como ele agrega valor à vida de cada consumidor.

Afinal, o produto está relacionado à identificação e à elaboração das características dos serviços com ênfase nas vantagens relevantes ao atendimento das necessidades do mercado, agregando valor aos clientes.

Ao serviço base deve-se associar o maior número de serviços suplementares para transformá-lo em um produto ampliado. Esses serviços devem ser desenvolvidos de acordo com as necessidades dos consumidores.

3. Atente-se à praça

Geralmente é representada pelo momento e pelo lugar em que é efetuada a compra, ou seja, os processos de distribuição (canais). Envolve a forma de entrega dos serviços, desde prazos até meios de execução.

A praça é o local onde é realizado o serviço. Para criar uma boa impressão, você deve ter cuidado com a forma de entrega e com as melhores práticas de execução, buscando manter um padrão de qualidade sempre elevado.

4. Siga as melhores práticas de promoção

Promoções são todas as estratégias feitas para a divulgação dos seus serviços. É indispensável mostrar a credibilidade e a competência da sua empresa para prestação de serviços e os resultados que o cliente vai conquistar. Lembre-se de sempre usar a linguagem adequada para o seu público.

Além disso, a promoção também está relacionada às estratégias de comunicação e de divulgação dos serviços, como forma de mostrar ao público os diferenciais e as vantagens dos serviços.

Mostrar a credibilidade da empresa e a competência técnica é uma das melhores maneiras de promover um serviço ou um produto obtendo vantagem competitiva.

5. Estabeleça os processos

A parte de processo representa todos os fluxos, procedimentos e as metodologias de trabalho utilizadas na prestação de um serviço ou no desenvolvimento de um produto. É um meio importante de assegurar a precisão e a eficiência do resultado final.

A produção de serviços precisa manter um padrão de qualidade único, eliminando variações na percepção dos clientes. Por isso, é indispensável criar procedimentos e metodologias de trabalho que norteiem toda a execução dos serviços.

6. Torne os seus serviços palpáveis

Palpabilidade ou evidência física é a percepção do ambiente em que o serviço é prestado. Relaciona-se a diversos fatores, que vão desde a apresentação pessoal dos funcionários e cartões de visita até a organização das instalações e dos equipamentos. É, basicamente, a forma como a empresa interage com o consumidor e o local onde isso ocorre.

Uma das principais diferenças entre a oferta de produtos e de serviços é que os produtos são palpáveis. Isso transmite uma sensação de posse mais forte — e, com isso, uma ideia de valor. Já os serviços precisam dessa “palpabilidade”, o que, em alguns casos, dificulta a percepção de valor.

Para contornar esse problema, a sua empresa pode buscar alternativas para transmitir uma noção de valor. Isso pode ser feito por meio de relatórios de prestação de contas sobre os serviços, do investimento em uniformes para os profissionais ou mesmo pelo investimento em papelaria, como cartões de visita.

7. Invista no treinamento das pessoas

Todos os envolvidos na prestação de serviços influenciam diretamente na percepção da qualidade. Por isso, toda a sua equipe precisa estar bem treinada e motivada, seguindo à risca os processos estabelecidos pela empresa com o objetivo de gerar uma experiência uniforme para todos os clientes.

Além do mais, as pessoas vão muito além da sua equipe: elas são todos os envolvidos direta ou indiretamente na prestação do serviço. A força de trabalho é a matéria-prima, portanto, a preocupação com as pessoas é fundamental. O treinamento, a capacitação, a motivação e a orientação ao cliente devem ser constantes, pois geram impacto direto na qualidade do serviço prestado.

8. Observe a produtividade e a qualidade

Essas duas são premissas básicas para empresas de quaisquer ramos de atividade. Entretanto, para o segmento de serviços, são fatores primordiais para o sucesso ou o fracasso de uma empresa.

Para garantir a qualidade dos seus serviços, você deve criar meios para garantir a entrega nas condições contratadas. Além disso, é preciso investir nas melhores práticas para maximizar os recursos, reduzir as despesas e otimizar os prazos de entrega.

A produtividade é o alcance das melhores práticas na execução dos serviços para ampliar recursos, diminuir despesas e melhorar o tempo das equipes.

A qualidade significa a garantia de entrega nas condições do acordo contratado e, de preferência, excedendo às expectativas para alcançar a satisfação dos clientes.

Atualmente o marketing de serviços está muito mais adiante que os quatro Ps do marketing. É bom observar a modernização e a ampliação desses processos, pois eles são fundamentais para as empresas que os utilizam continuamente.

Gostou de saber mais sobre o marketing de serviços? Então assine a nossa newsletter.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay

falta um passo para

inovação