Você tem cometido esses 4 erros ao montar uma vitrine?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pocket
erros ao montar uma vitrine

Diante da grande concorrência que o varejo está experimentando nos dias de hoje nos mais variados segmentos, os empreendedores que anseiam pelo sucesso precisam apostar em estratégias mais eficientes para atrair o público. Dentro desse contexto, você não pode se dar ao luxo de cometer muitos erros ao montar uma vitrine.

Mais do que um mero local de exposição das suas mercadorias, a vitrine tem um papel fundamental na comunicação visual da empresa, na divulgação dos melhores produtos e, consequentemente, na captação de clientes. Ficou interessado no assunto? Então confira as falhas que você não pode deixar passar!

1. Escolhas erradas

O primeiro dos erros ao montar uma vitrine que você não pode cometer é fazer escolhas erradas, afinal esse é um local que tem um limite de espaço e de informações, no qual você só deve expor produtos de forma estratégica.

Uma falha inaceitável, por exemplo, é exibir artigos que não estejam mais disponíveis no interior da loja. Isso não apenas deixa seus vendedores desconfortáveis como pode deixar o consumidor irritado e fazer com que ele nunca mais retorne.

Selecione suas mercadorias de acordo com a atratividade que elas exercem nos clientes, com a sazonalidade, com a decoração que você pretende montar e, claro, com a sua margem de lucro.

2. Falta de organização

A falta de organização também é um dos grandes erros ao montar uma vitrine. Não confunda criatividade com informações em demasia, pois isso torna o local pouco atraente e fará com que o consumidor não saiba o que ver primeiro e desvie o seu olhar para a concorrência.

Aproveite, por exemplo, para fazer combinações de mercadorias relacionadas, sendo coerente na exposição. Se a ideia é vender um terno, por exemplo, logicamente a presença de uma gravata, de uma camisa e de sapatos é fundamental para compor o traje. Não corra o risco de transmitir uma imagem negativa aos compradores.

3. Iluminação inadequada

Não é de se espantar que uma boa iluminação faça toda a diferença na percepção do consumidor em relação à sua vitrine. Porém, por incrível que pareça, muitos lojistas pecam nesse aspecto tão importante para destacar os seus produtos. Não harmonizar as luminárias e os spots com as suas mercadorias pode apagar todo o brilho da montagem.

É fundamental equilibrar as luzes para que elas não chamem mais atenção do que os próprios artigos. Deixe o foco principal nas áreas centrais, de forma que fiquem ali os itens que você precisa destacar na coleção.

4. Não ter um planejamento

Por último, mas não menos importante, ter um planejamento é indispensável na hora de montar uma vitrine. Você precisa pensar e fazer planos de forma mensal, trimestral, semestral e anual. Ao planejar, inclua um rodízio de produtos que esteja de acordo com o que o público tende a consumir. Para esta análise, levem sempre em consideração a sazonalidade.

Especialmente se o espaço disponível for pequeno, você não pode abrir mão de aproveitar cada cantinho para incluir expositores diferentes e de apelo relevante aos seus clientes no momento. Considere as estações do ano, os principais feriados de compra e as datas especiais para o comércio, como a Black Friday.

E agora, pronto para não cometer erros ao montar uma vitrine? Gostou do conteúdo do artigo? Então não deixe de assinar a nossa newsletter!

Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay