O que letreiros têm a ver com segmentação de mercado?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
segmentação de marcado

A segmentação de mercado – ou de clientes, como também é conhecida – é uma ação que tem como principal objetivo a divisão de um determinado mercado, agrupando-o em um conjunto de organizações, empresas ou ainda outros grupos de acordo com algumas características em comum.

A definição de público-alvo pode ser utilizada, entre outros propósitos, para o marketing e para a correta elaboração de letreiros. Então, vamos entender melhor a segmentação de mercado: o que o letreiro tem a ver com isso?

O que é segmentação de mercado?

A segmentação de mercado é uma técnica que pode auxiliar no reconhecimento e separação de clientes existentes de acordo com algumas determinadas dimensões ou características.

Está comprovado que é muito mais rápido e barato identificar perfis para traçar certas estratégias de marketing, posicionar marcas e lançar novos produtos.

A segmentação de mercado pode ser demográfica, que é aquela que utiliza os dados demográficos básicos dos clientes para definir um perfil. Assim, a renda, o gênero e o grau de escolaridade, entre outros, são suficientes para dividir e encontrar seu público- alvo.

Já a segmentação geográfica é aquela baseada na área em que as pessoas vivem.

Aqui, entra uma área interessante para o estudo dos letreiros que deverão ser utilizados, já que dependendo do tipo de moradia ou do poder aquisitivo em que se encontram determinadas pessoas, o visual dos letreiros de um negócio pode fazer toda a diferença na hora de atrair clientes.

No caso da segmentação psicográfica, que desenvolve estudos em aspectos bastante sensíveis do comportamento humano, é comum dividir a população de acordo com seu estilo de vida ou ainda suas atitudes e valores.

[sc name=”Form News Horizontal” ]

No caso acima, são utilizados elementos emocionais que podem influenciar na estratégia visual de uma empresa e como ela poderá buscar mais clientes.

Por fim, a segmentação comportamental revela a forma de interação dos clientes com um produto, serviço ou empresa.

Assim, é necessário estudar de forma adequada como serão posicionados seus elementos visuais, entre eles o letreiro de sua empresa, para que sejam percebidas as relações entre as pessoas e seu negócio e os lucros que podem ser alcançados com eventuais mudanças e adaptações em sua identidade visual.

Segmentação de mercado e letreiros

A segmentação de mercado se relaciona com o desenvolvimento de letreiros e com a identidade visual.

De acordo com a segmentação de sua marca e de todos os elementos visuais ligados a ela, podem ser identificadas diferentes oportunidades para que sejam aumentadas as suas chances de exposição.

Outra forma de ligação entre a segmentação e a questão da identidade visual representada por letreiros é que se ele for feita da forma adequada, poderá identificar se o posicionamento da marca está de acordo com a identidade e a missão da empresa, o que pode atrair novos clientes e gerar um volume maior de negócios.

Atualmente, com a concorrência cada vez mais acirrada, é preciso investir na atração e fidelização de seus clientes.

Assim, é preciso investir no visual de seu negócio e na forma como este é percebido por seus clientes!

O investimento em letreiros, iluminação correta e diferentes elementos de exposição um diferencial estratégico!

Desta forma, a segmentação de clientes que atua na definição de seu público-alvo pode ser uma excelente forma de conhecer melhor para quem você está vendendo e como sua imagem pode se adaptar a isto.

E então, o que achou do nosso post? Compartilhe a sua opinião sobre esse assunto nos comentários!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay

falta um passo para

inovação