O que é o manual de identidade visual e para que ele serve?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
manual de identidade visual

Investir numa identidade visual exige ir um pouco além do desenvolvimento de uma bela logo. Realizar a aplicação dos parâmetros definidos para a comunicação de sua empresa depende intensamente de um guia capaz de orientar sua pertinência. É para isso que existe o manual de identidade visual.

Para te ajudar a entender o que é e qual a importância de um manual de identidade visual, elaboramos este post. Então não perca mais tempo e continue a leitura!

O que é manual de identidade visual?

O manual de identidade visual define as regras do jogo quando o assunto é a aplicação da sua marca.

Nele, a equipe responsável pela criação do logotipo reúne as principais informações que servem para proteger e agilizar seus processos de comunicação.

Ali estão descritas as cores em sua paleta, as fontes utilizadas e até mesmo sugestões de tipos de materiais adequados para produção de cada peça em sua empresa.

A complexidade de um manual de identidade visual varia de acordo com o que sua empresa precisa e manter este documento em mãos vai te ajudar a tomar melhores decisões.

Alguém que tem mais de uma loja por exemplo, precisaria definir padrões capazes de uniformizar suas lojas também, definindo o tamanho de placas, letreiros e aplicações em larga escala.

Quem tem um negócio digital, precisa de especificações capazes de garantir o desempenho qualitativo das imagens na web e deve ver entre os capítulos de seu manual os códigos RGB da marca e orientações quanto a formatos de arquivo. Cada manual é único e sua complexidade pode escalar em conformidade.

Quais as vantagens de utilizá-lo?

Segurança para sua marca

Um dos principais papéis do manual de identidade visual é salvaguardar a imagem de sua marca, garantindo que ela estará sempre em seu melhor.

Para atingir este objetivo, os documentos definem regras segundo as quais você deve basear a avaliação de peças futuras.

Parâmetros como um tamanho mínimo para que o logotipo tenha legibilidade, além de um box de proteção que reduz a interferência de outros elementos, são alguns exemplos de como isso é possível.

Garantia da aplicação correta de seu logotipo

Além de definir o que pode ser feito com sua marca, um livro de regras como esse também estabelece proibições.

Cores que não oferecem contraste o bastante, aplicações exageradas ou em fundos que prejudicam seu entendimento são orientações disponíveis no manual, que pode conter exemplos positivos e negativos para que futuros designers não tenham dificuldade de aplicar seu logotipo.

Agilidade e flexibilidade nas alterações

Fazer consultas ao manual de identidade visual permite compreender em poucos minutos o que é necessário para realizar uma alteração. Dessa forma, não é preciso esperar um profissional específico para lidar com suas demandas de comunicação.

O manual funciona como uma metodologia, segundo a qual sua marca é aplicada em diversos meios e materiais, sempre com o melhor resultado possível.

Como qualquer metodologia, ele reduz a incidência de erros e refações e melhora a forma como sua empresa se comunica.

Sua marca é um dos bens mais valiosos que você possui e cuidar dela vai ficar muito mais fácil com um manual de identidade visual.

Gostou deste conteúdo? Assine a newsletter da SP Letras Com Visual e receba nossos melhores posts em seu e-mail!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay

falta um passo para

inovação