Qual é a cor certa para a sua empresa?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket

Normalmente, quando se fala sobre psicologia das cores ou seus significados, logo atribuímos esses conceitos à mera curiosidade. Entretanto, profissionais de comunicação fazem cada vez mais uso desses conhecimentos, utilizando-os na elaboração de planejamentos de marketing de empresas. Pensando nisso, preparamos um post que vai ajudar você na hora de pensar a aplicabilidade das cores nas peças de divulgação e até mesmo na identidade visual do seu negócio.

Para isso, pelo menos neste primeiro momento, trabalharemos com as cores primárias (vermelho, amarelo e azul) e as secundárias (laranja, verde e roxo), justamente pelo seu caráter introdutório e de sentido mais consentido entre especialistas. Mas antes de entrar no significado de cada uma dessas cores, vamos separá-las em duas categorias para que você entenda melhor de qual universo de significados cada uma delas se origina.

Cores quentes

Entende-se como cores quentes o vermelho, laranja e amarelo. Elas nascem de um bojo de significados que compreendem a paixão, a felicidade, a grande quantidade de energia e o entusiasmo.

Cores frias

Dentro das cores analisadas neste post, temos como cores frias o azul, roxo e verde. Ao contrário das quentes, essas cores permitem a calma de energia, passando credibilidade e profissionalismo quando usadas no ambiente corporativo.

Vermelho

Cor forte, o vermelho incentiva ações e a confiança. É intenso e, por isso, cria uma sensação de urgência e estimula o apetite. Por isso, muitas empresas fazem uso dessa cor justamente para atrair compradores impulsivos e que desejam saciar logo seus desejos. Por ser a cor mais quente e dinâmica, ela estimula a energia, aumenta a pressão sanguínea e a respiração. Essa cor é usada para ativar, apaixonar e emocionar.

Amarelo

Simbolizando a cautela e o cuidado, o amarelo também é a cor mais brilhante e energizante. É uma cor acolhedora e feliz, que incentiva as pessoas a se comunicarem. Passa otimismo, esperança e ainda incentiva a concentração. Por isso, é usada para prender a atenção de clientes em vitrines de lojas.

Azul

Muito utilizada em ambientes corporativos justamente por ser uma cor não invasiva e que incentiva a produtividade. Ela transmite segurança, credibilidade e confiança. Diminui o apetite, aumenta a criatividade e também é ligada à espiritualidade. É uma cor associada à água, à paz e por isso acalma, passa segurança e tranquiliza.

Laranja

Por ser uma cor quente, é muito usada para chamar atenção em call to actions, por exemplo. Esta é a cor preferida dos compradores compulsivos, pois reflete calor, excitação e entusiasmo. Tudo isso de uma maneira amigável, alegre e convidativa. Trata-se de uma cor equilibrada, vibrante e cheia de energia.

Verde

Não à toa essa cor é associada à saúde, tranquilidade e natureza. Ela é muito usada para relaxar clientes e é frequentemente usada em peças de promoção de questões ambientais (empresas ecologicamente corretas). É uma cor rejuvenescedora e representa estabilidade, possibilidade,  crescimento, vitalidade, fertilidade e abundância. É muito explorada por marcar mais ricas, pois também simboliza o dinheiro, ao mesmo tempo que acalma e alivia o stress.

Roxo

Essa cor é responsável pelo estímulo das áreas do cérebro que respondem pela resolução de problemas e pela criatividade. É uma cor que acalma e que remete à intuição. Identifica uma marca inteligente e imaginativa. Simboliza a riqueza, o sucesso, a realeza, a sabedoria e o respeito.

Casos de estudo

McDonald’s

Esta rede é um ótimo exemplo para analisar sua escolha de cores. Neste caso, o vermelho é um forte atrativo para o apetite e senso de urgência dos clientes. A cor acaba atraindo os consumidores para que eles ali se alimentem de forma rápida, o que combina exatamente com o conceito de fast food. O amarelo exala otimismo e positividade, ainda mais quando em conjunto com a figura do mascote da marca (um palhaço que usa roupas vermelho e amarelas).

Starbucks

Neste caso, para dialogar com o mascote da marca (uma sereia), a cor predominante na identidade visual da Starbuck é o verde. Isso acontece pois essa cor simboliza a natureza, dá foco para a saúde e explora a tranquilidade, o que acaba fazendo um contraponto interessante com o café, que é um dos principais produtos da empresa. A cor estimula a harmonia e o equilíbrio, fazendo com que os consumidores sejam atraídos para a loja para relaxarem e esquecerem de seus problemas do cotidiano.

É claro que a escolha das cores deve levar sempre em conta o público-alvo de uma empresa, além de mostrar seus valores e ideais. Mas e quanto ao seu negócio? Ele tem levado em conta essas questões na hora do planejamento de marketing? Compartilhe a forma como você trata essa questão conosco nos comentários!

cor certa para a sua empresa
Qual é a cor certa para a sua empresa?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay

falta um passo para

inovação