Tendências de Design para ficar de olho em 2017

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pocket
tendências de design para 2017

Se antigamente as nossas previsões para o início do milênio eram completamente futuristas — como carros voadores e outras fantasias herdadas dos filmes de ação —, certamente não imaginávamos que as tendências atuais do design se baseariam em atualizações de elementos do passado.

Pois essa é uma grande verdade: hoje, algumas das maiores inclinações e arranjos do design possuem suas raízes em movimentos anteriores. Mais do que isso, o retrô pode trazer uma abordagem moderna para o ano que chega.

Ficou curioso? Então veja abaixo algumas das tendências de design para 2017:

Minimalismo

Diga mais, com menos. Esta é a frase chave. Com tanta informação, cores e luzes ao nosso redor, a estratégia dos designers é de que a programação visual mais simples vai atrair o seu olhar, por conta de sua singularidade e simplicidade.

O objetivo do logotipo mínimo é dizer rapidamente e com clareza do que se trata a marca, sem deixar seus clientes com mais perguntas do que respostas. Mas a tendência ao minimalismo não está apenas nos logos.

Ela também tem aparecido em websites. As pessoas, cada dia mais, querem soluções aceleradas e instantâneas, e isto se evidencia com força ainda maior na internet.

Layouts mais simples e diretos solucionam a busca on-line com poucos cliques, como o site do Uber. Para otimizar o tempo dos usuários, foi reduzido o número de páginas de navegação, tudo está mais fácil de ser encontrado.

Desenhos à mão

Já foram populares em 2016, e continuarão ganhando largo espaço em 2017. Podem ser mais utilizados nos ramos de cafés e restaurantes, pela ideia de marcas independentes e únicas, mas peculiares, e também quando a proposta é humanizar a marca.

Os logos handmade transmitem mais autenticidade e personalidade, o que pode ser difícil de conseguir somente com atributos digitais. Não dá para ser mais retrô do que voltar à época em que o design era feito à mão!

Espaços negativos

No logo dualista, o espaço negativo e o positivo competem pela atenção visual. O negativo pode criar uma imagem, como por exemplo, no logo da NBC ou o urso panda da WWF. Transmite inteligência e, dependendo da arte, confere um ar espirituoso à marca.

Mas o interessante é que um logo desse tipo seja de fácil leitura, sem jogos muito elaborados, para imediata compreensão.

Line Art

Esta tendência sustenta sua posição desde 2015, e vai continuar em 2017. São imagens compostas por linhas simples, com uma única cor sólida incorporada. Pode ser encontrada em marcas que se descrevem como divertidas, descontraídas e modernas.

Também pode ser uma forma criativa para os designers incorporarem a tendência dos espaços negativos.

Vintage

A estratégia de chamar a atenção das pessoas através da nostalgia, ainda que na forma de uma releitura, é bastante eficiente. Os clientes trazem fortes emoções atreladas às memórias, e um logo vintage vai falar diretamente com eles. Também pode conferir uma sensação de autoridade da marca diante da concorrência.

Mas, cuidado: ele pode levar à sua marca a sensação de estar “presa ao passado”, o que não é uma imagem positiva.

Cores vivas ou relaxantes

As cores nos aproximam de emoções, pensamentos e sentimentos. É importante pensar nelas de modo estratégico, e sua marca precisa estar de acordo para demonstrar consistência.

As cores tendência para 2017 eleitas pela Pantone envolvem uma mistura de vivacidade com relaxamento. As cores da natureza, como as terrosas e verdes, transmitem um efeito de tranquilidade, enquanto os tons de rosa mais vívidos podem ser estimulantes.

Algumas cores de 2016 seguem sendo tendência em 2017, como o rosa quartzo, por exemplo. Porém, os tons pastéis tendem a abrir espaço para as cores mais vívidas que, por trazerem brilho, são poderosas e divertidas.

O ano de 2017 tem tudo para ser empolgante no design, só é preciso avaliar de forma cuidadosa as suas escolhas. O importante é pensar na imagem que você procura para a sua marca, e por quais meios pretende chamar a atenção do consumidor.

Utilizar as tendências de design é estar em consonância com os tempos. Assim, sua marca tem mais chances de causar uma impressão positiva, atual. Mas não esqueça de se manter fiel à personalidade da sua empresa.

E você, gostou desse post? Quer continuar por dentro das maiores novidades do design? Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como este diretamente no seu e-mail!

Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay