Como definir e planejar o orçamento de marketing da minha empresa?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pocket
orçamento de marketng

Investir em marketing é fundamental para qualquer tipo de negócio. Houve um tempo em que tal investimento era negligenciado pelas empresas, ou visto como algo sem grande sentido, uma vez que a comunicação boca a boca era suficiente. Hoje, para conseguir driblar a concorrência e realmente fazer a diferença no mercado, é necessário não só criar um bom planejamento com ações estratégicas, mas também analisar o cenário e definir um orçamento de marketing para a sua empresa.

Você sabe como definir isso ou tem dúvidas sobre quais devem ser os pontos considerados? Não se preocupe! No artigo de hoje vamos responder algumas perguntas a respeito:

Por que definir um orçamento de marketing?

Quando pensamos na definição do orçamento, tendemos a cair no questionamento: por quê? Um dos maiores erros cometidos por empresas dos mais diversos portes é a criação de ações de marketing sem definir orçamento ou ter um planejamento prévio a respeito. Isso, no fim das contas, faz com que a empresa invista um dinheiro que, infelizmente, não dará tanto retorno. O orçamento existe para termos o controle de quanta verba será utilizada nas ações de marketing.

Sem ele e sem um bom planejamento, acabamos gastando muito mais do que o esperado, muitas vezes em ações que não resultarão em bons números para a empresa por não se adequarem ao público ou ao mercado propriamente dito.

E como definir um orçamento de marketing para a minha empresa?

Se você já investiu em marketing nos anos anteriores, é hora de encontrar os documentos usados para definir o orçamento e os resultados e analisá-los com cuidado. Caso ainda não o tenha feito, não se preocupe. Existem alguns passos básicos que o ajudarão a definir a melhor verba para as ações:

1. Tenha metas e objetivos bem definidos

O primeiro passo para estruturar seu orçamento de marketing é definir as metas e objetivos da empresa. Em um ano, aonde você espera chegar?

É preciso responder a essa pergunta antes de tudo. Com base no objetivo definido, vamos traçando as metas mensais ou bimestrais que simbolizem os passos rumo ao cumprimento do que você quer para o seu negócio.

Esse ponto vai nortear todos os outros aspectos para encontrar o melhor orçamento para o seu negócio.

2. Use os dados de mercado e antigos investimentos como base

Outro ponto fundamental é monitorar os dados do mercado e os documentos de antigos investimentos que sua empresa já fez na área de marketing. Nesse momento, vamos trabalhar com informações como: quem é o seu público, como ele se comporta, o que ele procura, etc.

Com base nos investimentos antigos, vamos analisar como foram os retornos de cada ação, onde estão os erros e acertos e como melhorar nesse novo investimento.

3. Confira os recursos da empresa

Para definir o orçamento, é preciso saber como andam os recursos da sua empresa. Tenha uma média de valor de investimento que caiba no seu bolso e separe esse número. As ações precisarão se enquadrar dentro do recurso disponibilizado pelo seu negócio.

4. Desenhe as ações que mais se encaixam com o seu mercado

Agora é hora de desenhar as ações de marketing que serão realizadas para a sua empresa. Tendo os recursos da empresa em mãos, dados sobre o mercado, antigos investimentos e metas e objetivos bem definidos, é hora de pensar estrategicamente como será trabalhado: ações em marketing digital, mudança do logotipo, investimentos no ponto de venda, dentre outras ações podem ser consideradas dentro desse orçamento.

Gostou do conteúdo e quer saber mais? Curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas publicações. Semanalmente, daremos dicas de como ampliar o seu negócio e alcançar o sucesso da sua empresa.

Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay