4 erros de comunicação visual que você não pode cometer

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pocket

Entender os erros de comunicação visual que a sua empresa não pode cometer faz toda a diferença para quem quer ter um entendimento mais amplo sobre estratégias de vendas e marketing.

Cuidar dos vários aspectos que isso envolve pode destacar o seu negócio diante da concorrência.  Faça com que ele seja visto em meio ao turbilhão de imagens que predominam no mundo contemporâneo.

Se você vem buscando formas de realizar essa estratégia de maneira acertada, continue a leitura deste post e aprenda com as informações a seguir.

1. Não definir regras de aplicação da marca

Você pode até desenvolver versões diferentes de um mesmo logotipo, sempre com a mesma identidade. Tome cuidado para não passar a impressão de serem de empresas diferentes — o que pode dispersar completamente o seu público-alvo.

Por isso, é muito importante que você pense primeiramente na sua identidade visual para que possa conseguir definir regras de aplicação da marca.

Em certos banners impressos ou mesmo virtuais, determinado logotipo pode funcionar melhor do que outro, e isso é natural. O que não pode acontecer é que suas peças sejam completamente discrepantes entre si e não tenham qualquer coesão. Saiba bem o que você quer e aplique isso corretamente nos materiais.

2. Não prestar atenção na poluição visual

Seja em um site, loja virtual ou mesmo física, a poluição visual jamais deve ser aceita. Cuide para que os itens estejam dispostos harmonicamente e de maneira funcional. Utilize o que realmente atenda aos interesses dos clientes e os façam permanecer no local.

Além do mais, ambientes desorganizados e peças que não transmitem agilmente e eficazmente aquilo que a empresa quer passar espantam os clientes em vez mantê-los por perto e comprando. Pense nisso.

3. Utilizar materiais de baixa qualidade

De nada adianta você desenvolver uma excelente identidade visual se na hora de gerar o material físico você comprometer todo o trabalho utilizando materiais de baixa qualidade. Faça jus a todo o investimento feito. Escolha os recursos que realmente representarão a qualidade e o profissionalismo do seu negócio.

Dessa forma você garante que o material corresponderá à qualidade e ao design da identidade visual desenvolvida no momento de ser aplicada. Não desperdice recursos.

4. Decidir o fornecedor por preço

A máxima de que “o barato sai caro” pode ser bem verdade aqui. Em vez de focar apenas em pagar pouco e ter um serviço de baixa qualidade, avalie bem o custo-benefício e, sobretudo, o resultado final daquilo que está adquirindo.

Imagine você imprimir um material por um preço relativamente barato e depois de pronto ver que não era exatamente isso que queria. O resultado é que você terá que fazer novamente e por um valor maior, já que não vai querer passar pelo mesmo transtorno novamente, optando por um outro lugar que realmente atenda às necessidades da sua empresa.

Evite esse tipo de erro agindo cautelosamente e pesquisando bem antes de se decidir. Assim você poderá agir e obter os melhores resultados.

Gostou de conhecer 4 dos erros de comunicação visual que você não pode cometer? Então siga-nos no Facebook, no Pinterest e no Twitter para ficar por dentro de outros conteúdos como este!

Ricardo Gonçalves

Ricardo Gonçalves

Leave a Replay