LED Luminosos: conheça os principais tipos existentes no mercado

led luminosos

Se você já assistiu filmes ambientados em Las Vegas, espetáculos da Broadway ou as ruas de Nova York, sabe que luzes, cores e uma boa fachada chamam a atenção.
Um letreiro bem feito e bem iluminado atrairá a visão das pessoas, destacando-se em relação à concorrência, fazendo com que se interessem pelo seu estabelecimento.

O mercado conta hoje com diversos tipos de materiais para o letreiro da sua fachada ou interno. Vamos falar aqui sobre os letreiros de LED luminosos.

Afinal, o que é LED?

LED é a sigla em inglês de diodo emissor de luz. A diferença do LED para outras lâmpadas é seu baixo consumo e longa vida útil. Uma lâmpada LED consome cerca de 50% a 90% menos que uma equivalente fluorescente e pode durar 8 vezes mais, chegando a 50 mil horas de uso.

Outra vantagem do LED é que são mais seguros Por consumirem menos energia, geram menos calor, exigindo menos das instalações elétricas tornando-as mais baratas. Também são resistentes, não quebrando com tanta facilidade.

O que são LEDs luminosos?

Os letreiros LED luminosos estão chegando para concorrer com os famosos letreiros de neon. O LED, além das vantagens citadas acima, dependendo do tipo de painel poderá variar sua forma, sendo redesenhado manualmente ou através de um dispositivo eletrônico. Já o neon, por ser uma lâmpada, tem formato fixo. Existem algumas categorias na iluminação:

  • iluminação direta: o próprio desenho ou letra é feito com LED, brilhando com luz própria;
  • iluminação indireta: os LEDs são colocados por trás do desenho, seguindo seu contorno, criando um efeito de borda de luz.
  • backlight: a iluminação não é somente do desenho ou das letras. Toda a peça é iluminada utilizando um material translúcido para a passagem da luz

Além das categorias de iluminação, existem diferentes tipos de LED luminosos.

Tipos de leds mais utilizados

  • placas: as placas LED têm formato fixo. Comumente são caixas com o LED dentro e tampas de material translúcido com cores.
    Plástico ou acrílico, são materiais utilizados para o tipo de iluminação backlight;
  • painéis e letreiros: são aqueles usados hoje nos ônibus.
    Você programa a mensagem a ser exibida e os efeitos, como efeitos de transição, borda, animação e desenhos, podendo serem combinados.
    Alguns suportam imagens GIF e possuem bluetooth, podendo ser programados através do celular. Outros são full color, comportando-se como uma TV. Esse tipo são os que se veem em shows de música.
  • fitas e mangueiras: as fitas LED lembram lâmpadas de árvore de natal.
    A diferença é que elas vêm enroladas, com os LEDs sendo pequenos quadradinhos luminosos colados sobre a fita.
    A diferença da fita para a mangueira é que a mangueira é um tubo cilíndrico.
    A vantagem deste tipo de LED é a possibilidade de se fazer desenhos livremente, pois são flexíveis.
  • pito: os pitos são pequenas lâmpadas individuais. Geralmente usadas em rodas de bicicletas e carros, gerando efeitos muito bonitos ao girarem, bem ao estilo do filme TRON.
    Também podem ser utilizados em ventiladores, podendo até mostrar mensagens ou simular um relógio.

E a manutenção, como é?

Quem decide investir nos LED luminosos, com certeza quer dar visibilidade aos seus anúncios ou produtos. Com isso, vem outra vantagem: esse tipo de lâmpada exige muito menos manutenção ou substituição.

Isto porque elas são construídas com materiais altamente resistentes. Assim, mesmo que o painel, letreiro ou placa fique exposto na rua durante todo o dia, ele dificilmente irá sofrer danos.

Graças a estes componentes, impactos, choques e vibrações, além de condições climáticas variadas como chuva, vento e sol não alteram o funcionamento do material.

Peças e materiais de qualidade também vão garantir que a sua iluminação resista a condições extremas — como fumaça, poeira e até alguns casos de vandalismo.

Para se ter uma ideia, eles possuem baixa voltagem, além de não apresentarem entre seus componentes filamentos metálicos ou vidros. Também são livres de substâncias tóxicas presentes em outros tipos de iluminação, como o mercúrio.

É possível utilizar esta iluminação — seja no formato de fitas ou com lâmpadas — até mesmo em ambientes úmidos, como saunas ou piscinas.

Existem mais vantagens?

Além de ser a opção mais ágil, segura e vantajosa no aspecto econômico, como já vimos nos tópicos anteriores, a utilização de LED luminosos também desponta como um grande atrativo na hora de chamar atenção para o seu negócio ou produto, por exemplo.

Em um mercado cada vez mais competitivo, em que sai na frente aquele que se destaca de forma mais positiva entre os seus potenciais clientes ou consumidores, utilizar LED como chamariz já é mais que uma realidade.

A infinidade de possibilidades de ações utilizando este tipo de iluminação garante que a mesmice nunca domine um empreendimento. Invista nessa modalidade de divulgação!

Além das letras-caixa de LED para fachadas e vitrines, é possível utilizar painéis que reproduzem vinhetas e anúncios, como se fosse uma TV tradicional.

De dia ou de noite, o que é anunciado com este tipo de material ganha visibilidade. Os letreiros despertam a atenção de quem passa pelas ruas. Seja a pé ou quem passa de carro e ônibus em frente a uma placa não deixa de prestar atenção.

O baixo custo de produção, a possibilidade de se alterar com facilidade aquilo que está sendo exibido e a forte emissão de cores, colocam os LED luminosos na dianteira quando o assunto é publicidade moderna.

Mas este material é ecologicamente correto?

Se na hora de escolher a melhor forma de decorar a sua casa, negócio ou divulgar o seu produto, você é do time que não abre mão da sustentabilidade e da responsabilidade ambiental, mais uma boa notícia: os LED luminosos não emitem raios ultravioletas ou infravermelhos.

Assim, ao contrário de outros tipos de iluminação, eles podem, inclusive, ser utilizados para a decoração de monumentos históricos e áreas de vegetação sem provocar danos.

Esse é o tipo de iluminação ideal, também, para vitrines e closets pessoais, pois a não-emissão de calor não irá provocar danos a peças, que poderiam ser, com o tempo, queimadas pelo calor natural de outros tipos de lâmpadas.

A maioria dos componentes de fabricação de LED são, também, recicláveis — o que garante que tenham um descarte adequado após o fim de sua utilização.

Achou útil saber sobre os tipos de LED luminosos? Compartilhe esse artigo para que mais pessoas também conheçam essas informações!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pocket
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Posts Recentes